Poesia Astral

16 10 2016

Beber as estrelas em doses cavalares

 

Cavalgar os meteoros em superfícies lunares

 

Consultar o mapa astral, o GPS planetário

 

Boicotar a rota, traçar outro itinerário

 

Beber a delirante chuva cósmica do espaço

 

Ser a viajante mais distante do pedaço

 

Partir pra muito longe em missão espacial

 

Visitar outros planetas nesta poesia astral

vermeer_astronomo_1668-640x675

O Astrônomo – Johannes Vermeer

Óleo sobre tela – 1668

Anúncios




Yoga

4 10 2016

Boa tarde pessoal!

não sei se alguém ainda vem aqui.

Macabéa mergulhou fundo no mundo do Yoga, virou instrutora de Hatha Yoga e fez uma página no facebook sobre o tema.

Resolvi assumir minha identidade e linkar uma coisa na outra, pois esse blog de poesia me é muito querido e tem tudo a ver com o meu processo de transformação, assim como o Yoga.

Segue o link

https://www.facebook.com/yogaemsap

 

Namastê! Om Yoga!





Meu Clima

13 12 2014

Gosto quando o tempo combina com o humor

A chuva hoje veio lavar a minha dor

Isso não impede que mais tarde

Apareça o arco-íris da felicidade

E mesmo se a tristeza meu coração alcançar

O sol lá fora vai sorrir e brilhar

E não me estranha também, nesta louca alquimia

Se esta mesma chuva festejar a alegria

Rainbow Over Loch Awe, c.1831, William Turner

Rainbow Over Loch Awe, c.1831, William Turner





Simples assim

15 07 2014

Repare bem como é verdade

Simplicidade é felicidade

Sem pedir, ganhar cafuné

De manhã, leite com café

Ver os pássaros em debandada

Costurar uma meia furada

Balançar um pouquinho na rede

Tomar água quando se tem sede

Abraçar bem forte o meu filho

Passar manteiga no milho

Morar no meio do mato

Ter um cachorro e um gato

Dormir um pouquinho a mais

Passar uns dias na casa dos pais

Passear a tarde inteira

Tomar banho de cachoeira

Fazer bolinhas de sabão

Sentar na janela, tocar violão

Repare bem como é verdade

Simplicidade é felicidade

O Violeiro Almeida Júnior

O Violeiro
Almeida Júnior

 





Euforia

23 05 2014

Eu era, eu faria

Agora sou euritmia

Buscando harmonia

Perfeita melodia

Sem paz eu não teria

Alinhada energia

Eu fora, eu seria

Eu dentro euforia

Jesus em sua postura de Yoga. Fonte da imagem: http://sfvedanta.org/the-society/old-temple/old-temple-paintings/

Jesus em sua postura de Yoga.
Fonte da imagem:
http://sfvedanta.org/the-society/old-temple/old-temple-paintings/

 

 





Ser Mãe

27 02 2014

Aprendizado e desafio

Amor eterno e calafrio

Um estado diferente

De cansaço permanente

Um doar-me por inteiro

No meu seio, um paradeiro

Se eu grito, me arrependo

E errando eu aprendo

Que ser mãe se aprende sendo

No plural temos os pães

Os alemães, os capitães

Mas com mãe no singular

É difícil explicar

Nada nunca vai rimar

Imagem

Mère et enfant (La Maternité) (Mère tenant l’enfant) 1901 Pablo Picasso





A Corda

23 01 2014

Uma corda transparente
Me envolvendo, me puxando

Vai traçando, vai tecendo
Uma linha envolvente

Totalmente estonteante
Transpirante, ascendente

Diferente do restante
Flutuando entre a gente

Flutuante, transparente
Me levando mais avante

Mais avante, para a frente
Para o alto e adiante

Me agarro nessa corda
Transeunte transcendente

Imagem

Estrela Azul – Joan Miró (1893-1983)